Autobiografia como Despossessão - Festival de Dramaturgia

AUTOBIOGRAFIA COMO DESPOSSESSÃO

20 de Abril às 19h
por Janaina Leite
21-04-21-autobiografia-como-despossessao

Artista convidada: Janaina Leite é atriz, diretora e dramaturgista. É uma das fundadoras do premiado Grupo XIX de Teatro de São Paulo e doutoranda na Escola de Comunicação e Artes da USP. Em 2008 deu início a sua pesquisa sobre o documentário e o uso de material autobiográfico em cena, resultando em diversos espetáculos e no livro “Autoescrituras performativas: do diário à cena”, publicado pela Editora Perspectiva. Em 2019, estreou o espetáculo “Stabat Mater”, contemplado pelo Edital de Dramaturgia para Pequenos Formatos do Centro Cultural São Paulo e ganhador do prêmio SHELL de melhor dramaturgia. Foi ainda finalista do prêmio APCA e eleito melhor espetáculo do ano pelos críticos do Jornal do Estado e da Folha de São Paulo. Trabalha com orientação de cursos, palestras e curadoria no Brasil e em países como França e Portugal.

Aula:

AUTOBIOGRAFIA COMO DESPOSSESSÃO

Descrição: A experiência autobiográfica certamente pode ser pensada como “jornada”. Mas em que medida essas formas de autoescritura na cena contemporânea refletem o paradigma da “trajetória de superação” ou apontam para algo da ordem da “experiência interior” no sentido que propõe Bataille como algo da ordem da dissolução do eu? Por Janaina Leite.